OESTE É VICE NA SÉRIE A2

Oeste e Guarani se enfrentaram neste sábado pela grande final do Campeonato Paulista da Série A2. E apesar de criar as melhores chances, o Rubrão foi derrotado, mas nada que diminuísse o brilho pela conquista do acesso à elite. Na próxima sexta-feira (13), a equipe iniciará a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B. Na Arena Barueri, o Oeste receberá o CRB, Às 20h30.

O jogo

O primeiro tempo começou bastante morno, com as equipes bem compactas na defesa. Com o gol do Guarani aos 16 minutos, o Rubrão precisou se adiantar mais em campo e buscar jogadas mais agudas. Mesmo atrás no placar, o time do técnico Roberto Cavalo demonstrou tranquilidade e aos poucos foi melhorando no jogo.

Até o apito final, o Oeste criou oportunidades claras de gol. Após giro rápido, o camisa 7 chutou em cima do goleiro bugrino. Depois, quando Luz ficou frente a frente com o arqueiro, a bola foi travada. No rebote, fora da área, Marcinho bateu no canto e Brígido salvou de novo. No último lance da primeira etapa, Bruno Lopes entrou pelo lado esquerdo da grande área e bateu cruzado. Raphael tentou empurrar para o gol, mas a bola passou perto da trave.

Segundo tempo

Os 45 minutos finais do Campeonato Paulista da Série A2 prometiam ser favoráveis ao Oeste. A equipe voltou em cima do Guarani e conseguiu chegar com perigo novamente com Raphael Luz. Na jogada, Wallace Bonilha deu ótima cavadinha para Bruno Lopes. De peito, o camisa 9 ajeitou para Raphael que bateu cruzado e a bola passou por todo o gol até sair.

Porém, apesar de lutar e correr bastante, o Guarani encaixou três ataques que completaram o placar de 4 a 0.

O resultado negativo não pode esconder a boa partida feita pelo Oeste e principalmente a ótima campanha que garantiu o acesso à elite paulista. Durante os 90 minutos a equipe criou diversas oportunidades e não deixou de lutar até o apito final. Que venha a Série B!

FICHA TÉCNICA               

Oeste: William Menezes; Willian Cordeiro, Leandro Amaro (Daniel Farias), Betinho e Conrado; Lídio, Wallace Bonilha (Nicolas Careca) e Marcinho; Raphael Luz (Marion), Pedrinho e Bruno Lopes.
Técnico: Roberto Cavalo.

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Herman Brumel Vani e Vitor Carmona Metestaine.
Quarto árbitro: Lucas Canetto Belotte
Local: estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).
Data: sábado, 7 de abril de 2018.