MENINO BOM

 

Com apenas 16 anos, o jovem Diogo vem chamando a atenção no Oeste. O jogador, que assinou seu primeiro contrato profissional na semana retrasada, tem sido convocado pelo técnico Roberto Cavalo para os jogos da Rubrão na Série B. 

O garoto ficou no banco da equipe no empate em 2 a 2 com o Paysandu, na Arena Barueri, e foi até Goiânia, integrar o time que encarou o Goiás, na última partida disputada na competição. 

- É uma sensação inexplicável. Sempre sonhei em ser jogador profissional, desde pequeno quando comecei a jogar bola ainda na escolinha do lausane paulista, na zona norte de São Paulo. Estou muito feliz por essa oportunidade - exaltou Diogo. 

- Foi uma sensação ótima em poder ser convocado. Logo que vi meu nome na lista, fiquei muito feliz e corri pra contar pros meus familiares - contou. 

Volante de origem, Diogo ainda pode atuar de meia e lateral esquerdo. O jogador conta quais são suas inspirações no futebol. 

- Um dos jogadores que me inspiro desde pequeno é o Ralf do Corinthians, e dentro do elenco do Oeste me inspiro no Betinho, pois sou fã deles e do estilo de jogo, de marcação, desde quando eu vi eles jogarem - revelou o volante. 

Caçula na equipe de Barueri, Diogo conta um pouco do seu dia a dia no clube rubro-negro. O volante também comenta as mudanças do estilo de jogo nas categorias de base e no profissional. 
 
- O elenco todo do Oeste me ajuda, principalmente o Daniel Gigante e o Betinho que são meus companheiros de quarto. O grupo todo é unido. Normalmente falam pra eu chegar firme e pensar rápido, pois a principal diferença que eu notei quando cheguei ao profissional foi a velocidade do jogo - declarou. 

No Oeste desde 2012, Diogo já atuou nas categorias Sub-11, 15 é mais recentemente defendeu a equipe sub-17 no Campeonato Paulista. 

Foto: Jefferson Vieira/Oeste FC