PONTO IMPORTANTE

Em uma noite fria na cidade de Barueri, Oeste e Ponte Preta fizeram um jogo bastante equilibrado na Arena pelo Campeonato Brasileiro da Série B. O placar de 0 a 0 engana porque, principalmente no primeiro tempo, as equipes criaram diversas chances de gols e com os goleiros realizando pelo menos três ótimas defesas.

O Oeste volta a campo no próximo sábado, fora de casa, diante do Brasil de Pelotas.

Primeiro tempo

A primeira etapa foi bastante agradável de assistir. Oeste e Ponte Preta procuraram o gol desde o começo e levaram perigo aos goleiros. O time de Campinas teve mais oportunidades, mas o Rubrão manteve um bom volume e também quase tirou o grito de gol da torcida.

Marciel, Zé Love, Mazinho e Márcio Vieira estão trocando passes rápidos e com qualidade, sendo grandes ameaças para a Ponte. Pelo alto eles também levaram perigo. O camisa 9 quase abriu o placar ao subir mais que a defesa campineira. Ainda no primeiro tempo Roberto Cavalo tirou Cássio para a entrada de Léo Ceará, que deu ainda mais velocidade ao time.

Tadeu, lá atrás, salvou o Oeste ao sair com muita coragem nos pés do atacante André Luís, que havia conseguido furar a defesa do Rubrão.

Segundo tempo

A última parte do duelo foi mais tensa. As equipes tentavam criar, mas erravam o último passe, deixando os goleiros como meros espectadores. O Oeste conseguia manter a Ponte Preta longe do goleiro, Tadeu, mas os campineiros também mantinham o Rubrão distante de sua meta.

As duas chances reais de gol foram de chutes de fora da área. Primeiro o meia Márcio Vieira e depois o volante Patrick obrigaram o guarda-redes do interior a fazer duas ótimas defesas. A resposta da Ponte veio perto do fim do jogo em jogada aérea. O atacante deles surgiu sozinho, mas mandou para fora. O goleiro Tadeu ‘’pagou geral’’ com a defesa.

Ficha técnica

Oeste: Tadeu; Wallace Bonilha, Joílson, Patrick e Conrado; Lídio, Cássio (Léo Ceará), Marciel e Mazinho; Márcio Vieira (Pedrinho) e Zé Love.
Técnico: Roberto Cavalo