PAREDÃO

Um dos heróis da classificação do Oeste para a semifinal do Troféu do Interior do Campeonato Paulista, o goleiro Luís Carlos pegou um dos pênaltis batidos pelo Botafogo-SP e ajudou o Rubrão a garantir a vaga na decisão. 

Titular nas duas partidas contra o time de Ribeirão Preto, o arqueiro falou sobre sua sequência no Oeste, avisando que ainda não está na melhor condição física. Aos 31 anos, Luis Carlos foi contratado pelo Rubrão no começo desse ano, para ser reserva de Matheus Cavichioli. Mas Luís mostrou personalidade defendendo as redes rubro-negras. 

– Agradeço muito ao técnico Renan pela oportunidade e procuro sempre dar o meu melhor. Acredito que ele confia no meu trabalho. Ele me trouxe para o Oeste mesmo sabendo que eu estava um bom tempo sem atuar, então sei que eu posso dar mais até porque estou sem ritmo de jogo – disse o goleiro, completando:

– A questão dos pênaltis só tenho que agradecer à Deus. Nós merecíamos a classificação pela entrega de cada um. 

Luís Carlos projetou os duelos com a Ponte Preta, adversária da semifinal e analisou se o Rubrão pode conseguir conquistar o título. 

- Podemos sim. Só depende de nós. Ter fé e acreditar, a cada dia nos blindar mais um ajudando o outro e só assim iremos nos consagrar como campeões do interior. Serão jogos muito difíceis, mas estamos preparados - concluiu. 

Oeste e Ponte Preta fazem o primeiro jogo da semifinal neste sábado, às 16h, na Arena Barueri. A volta será no dia 7, próximo domingo, às 19h.